Lourdes United


O Santuário Internacional de Lourdes lança :
"Lourdes United"
Uma e-peregrinação global !

Don tel

Ao longo de 15 horas em directo em 10 línguas

O programa incluirá : Transmissões das celebrações, procissões, rosários, orações. Um novo programa de televisão terá lugar ao vivo das 16h às 18h na Gruta. Personalidades religiosas e civis seguir-se-ão no cenário, testemunhando o papel que Lourdes desempenha nas suas vidas. As câmaras irão aos bastidores deste lugar único para melhor explicar a sua missão. Numerosas intervenções sobre os temas da solidariedade, fraternidade, empenho, (entre)ajuda, esperança e procura de sentido, bem como reportagens, vídeos de arquivo, música ao vivo, duplex com estrangeiros e outros destaques, completarão estas 2 horas de cobertura ao vivo.

Um tempo de reencontro, de esperança e de solidariedade para reconectar com o espírito de Lourdes…

Lourdes, um centro de peregrinação internacional, mobiliza quase 100.000 voluntários para acolher anualmente 3 milhões de peregrinos e visitantes de todo o mundo, incluindo mais de 50.000 pessoas doentes e deficientes. Multi-geracional e multicultural, a e-peregrinação “Lourdes United” reunirá todos aqueles que, nos quatro cantos do mundo, vêem Lourdes como um farol de fé, compromisso, partilha e esperança. O mundo enfrenta uma crise económica e social sem precedentes, aliada a uma busca sem precedentes de significado. A fraternidade, a generosidade e a esperança que o Santuário carrega há 162 anos nunca foi tão essencial. Em Lourdes, os pobres, os frágeis, os doentes e os deficientes têm o primeiro lugar.

Lourdes unida face à crise

Os capelães do Santuário de Lourdes sempre trouxeram a oração pela e com o mundo à Gruta, e ainda mais durante a crise global que estamos a viver. Centenas de milhares de mensagens, gritos de ajuda, gritos de sofrimento, mas também testemunhos de esperança continuam a chegar a Lourdes. Fechado há mais de dois meses pela primeira vez na sua história, o Santuário teve todas as peregrinações canceladas. Apesar da sua reabertura parcial, o Santuário só pode acolher um número muito limitado de peregrinos, de acordo com um protocolo sanitário rigoroso. Lourdes sem peregrinos é uma Lourdes sem recursos para levar a cabo a sua missão, para manter todo o local, para garantir a sua durabilidade e os empregos dos seus 320 empregados. O Santuário espera uma perda histórica de 8 milhões de euros. Além disso, quase toda a área económica de Lourdes está em imensa dificuldade.

Perante uma situação sem precedentes, uma iniciativa sem precedentes: a e-peregrinação “Lourdes United”.

A 16 de Julho, o Santuário apelará à generosidade de todos aqueles que desejem ajudar Lourdes a continuar o seu trabalho. O mundo precisa de esperança; o mundo precisa de Lourdes. Vamos ajudar Lourdes a levantar-se e a preparar-se para o futuro!

Para mais informação contactar:

Inês dos Santos – is@cunhavaz.com – +351 939 743 102

Diogo Belford Henriques – dbh@cunhavaz.com – +351 914 765 000